20ª Parada Gay da cidade de São Paulo

2016 – “Lei de identidade de gênero, já! – Todas as pessoas juntas contra a Transfobia!”

A 20ª edição da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo foi realizada no dia 29/05/2016 na Av. Paulista, com estimativa de publico de aproximadamente 2 milhões de pessoas segundo os organizadores do evento. Esse ano a Parada buscou com o tema “Lei de identidade de gênero, já! – Todas as pessoas juntas contra a Transfobia!”, maior visibilidade a letra “T” da sigla, em referência às mulheres transexuais, homens trans e travestis. Segundo a organização do evento, o objetivo foi fazer uma grande mobilização para que a “Lei de Identidade de Gênero” fosse aprovada.

“Nessa sopa de letras, os homens e as mulheres trans são os que mais sofrem. Não existe armário para eles. Gays e lésbicas podem se esconder, mas trans, não. Eles estão muito mais expostos à violência e ao preconceito”, disse o deputado federal Jean Wyllys.

BannerParadaGay20

As bandeiras coloridas com as cores do arco-íris deram espaço ao rosa, azul e branco, essas são os tons da bandeira do segmento T (transexuais, travestis e transgêneros).

DestaqueParadaGay20_1

“O preconceito está em todos os grupos, mas esta é a ponta mais frágil da comunidade”, afirma Fernando Quaresma, presidente da Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo.


PROTESTOS

DestaqueParadaGay20_2

Transexual Viviany Beleboni usa fantasia em protesto contra a bancada evangélica e a Justiça (Foto: Caio Kenji/G1)

Durante o percurso a Bíblia abria e fechava, mostrando notas de dólares na parte de trás. O objetivo para Viviany era mostrar como a bancada evangélica no Congresso Nacional impede projetos de lei em prol da comunidade LGBT e da identidade de gênero

A Parada foi marcada por muitos protestos, alguns participantes levaram faixas e cartazes contra o presidente golpista Michel Temer (PMDB), pedindo a saída dele do cargo, outros cartazes e discursos foram proferidos contra a cultura do estupro. Um dos trios elétricos contou também com a presença de diversos políticos com discursos contrários ao impeachment da presidenta eleita democraticamente Dilma Rousseff.


20 ANOS

Apesar de ser a 20ª edição, foi apenas nela que a Parada do Orgulho LGBT é incluída no calendário oficial de São Paulo.

“Apesar dos avanços das políticas públicas, os desafios continuam presentes e os obstáculos estão aí para serem superados. Entendo que não só essa tomada de consciência, mas a presença da parada nos faz lembrar o quanto ainda temos de caminhar para vencer as formas de intolerância presentes na nossa cidade”, Fernando Haddad ressaltou ainda que, o mínimo que a prefeitura poderia ter feito pela Parada do Orgulho LGBT após 20 anos seria incluí-la no calendário oficial da cidade.

Por Alex Faria

 

Anúncios

Uma resposta em “20ª Parada Gay da cidade de São Paulo

  1. Pingback: Dia Internacional do Orgulho LGBT | Ciências Sociais Uninove

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s