2ª Parada Gay da cidade de São Paulo

1998 – “Os direitos de gays, lésbicas e travestis são direitos humanos”

A 2ª edição da Parada do Orgulho Gay em São Paulo aconteceu no dia 27/06/1998. O tema foi “Os direitos de gays, lésbicas e travestis são direitos humanos” e levou às ruas, aproximadamente, 8 mil pessoas.

Banner_2ParadaGaySaoPaulo

Cartaz que chamava para a participação da organização da Parada – 1998

Naquele ano havia sido solicitada uma autorização junto a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), sem sucesso, para que a Parada tivesse a permissão de ocupar a Av. Paulista, e mesmo sem a permissão, a organização da Parada realizou o evento.

Isadora Lins França em sua Dissertação para obtenção do Título de Mestrado relata que “… Deve-se notar, na estrutura física obtida para a realização da 2ª Parada, a continuação do apoio de sindicatos (responsáveis pela impressão de todo o material de divulgação) e a participação de militantes GLT de partidos de esquerda, junto com os militantes dos grupos homossexuais ou GLT. Além disso, a bandeira com as cores do arco-íris, que se tornaria um dos maiores símbolo da Parada, foi paga pela então deputada Marta Suplicy147 (PT) e por quatro casas noturnas da cidade, gerando inclusive a curiosa história do seu sumiço logo após o evento, sendo encontrada posteriormente na forma de retalhos que decoravam uma conhecida boate GLS. Na formatação dessa parada, portanto, havia influências de esquerda partidária e entidades mais tradicionais no cenário político, como os sindicatos, e do mercado que aparecia como um possível aliado, embora não tivesse ainda uma participação expressiva; entre os dois extremos, os grupos dedicados exclusivamente à causa homossexual ou GLT – que não deixavam de ter militantes que pertenciam também aos setoriais partidários e sindicatos. Assim, a parada nasce como um híbrido entre atores com interesses, área de atuação e ideologias diversas, característica que a acompanha até os dias de hoje, apesar das mudanças conjunturais em relação á posição e nível de participações desses diversos atores…” (pdf 117 – 118). Cercas e Pontes – O movimento GlBT e o mercado GLS da cidade de São Paulo

A autora cita também, como a Parada ganha a adesão dos órgãos municipais e estaduais e da importância desses órgãos no processo de organização: “…Se a 1ª Parada havia surpreendido os organizadores em termos de adesão de público, a 2ª Parada repetia a dose, e a partir dela órgãos municipais e estaduais abriram-se como um espaço de interlocução, reconhecendo a dimensão dos problemas práticos que o evento poderia trazer à cidade se não fosse acompanhado de uma estrutura especial por parte dos órgãos que cuidam do tráfego, segurança e limpeza públicas etc. As escolhas que se colocavam para esses órgãos também eram um pouco limitadas, já que a Parada parecia ter crescido espontaneamente de um ano para o outro – sem que nada indicasse uma diminuição de ritmo nesse crescimento – e os organizadores já haviam se recusado a acatar as determinações da CET de que não pudesse ser realizada na Av. Paulista…” (pdf 118).


CURIOSIDADES

Na Parada Gay de 1998, apenas parte da Avenida Paulista era interditada e ônibus e carros circulavam por ela.

2ParadaGaySaoPaulo

Na 2ª edição do evento a Bandeira com as cores do arco-íris chegou a medir 50 metros de comprimento.

2ParadaGaySaoPaulo2

Vimos que houve maior participação de publico, assim quanto maior cobertura da mídia fazendo com que a Parada ganhasse cada vez mais espaço e força na cidade de São Paulo, contribuindo ao longo dos anos para o desenvolvimento turístico, social e humano.

Por Alex Faria

Anúncios

2 respostas em “2ª Parada Gay da cidade de São Paulo

  1. Pingback: 4ª Parada Gay da cidade de São Paulo | Ciências Sociais Uninove

  2. Pingback: Dia Internacional do Orgulho LGBT | Ciências Sociais Uninove

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s