Modo de Fazer Renda Irlandesa produzida em Divina Pastora (SE)

renda_irlandesa_heitor_reali_2

Patrimônio Imaterial Cultural do Brasil

Muitas vezes compramos roupas feitas de forma artesanais e achamos caro, né? Mas então, vamos nas lojas de grife, que fazem suas peças por escala de produção, ou seja, máquinas que cortam de uma única vez e costureiras que fazem o mesmo acabamento, pagamos um preço acimo da peça artesanal, e ficamos felizes, pois a etiqueta justifica o valor. Será mesmo que estamos racionalizando no momento da classificação do que é caro ou barato?

Quanto custa fazer uma peça por vez? Cada uma com um toque especial, com um detalhe diferenciado, todas as peças são únicas, você nunca verá alguém usando a mesma roupa que você, pois, mesmo que o modelo seja idêntico no molde, se é feito de forma artesanal, é único. O ser humano não faz o mesmo objeto de form idêntica, só as máquinas fazem isso. Esse trabalho custa caro por ser único, personalizado, ou para os contemporâneos, são customizados, e mesmo o termo “caro”, por ser algo subjetivo, pois está diretamente relacionado ao poder de consumo de quem adquire, prefiro usar o termo: valorizado, logo, peças artesanais são mais valorizados por serem feitas a mão e com isso, são peças únicas! 

O Brasil é tão diverso em suas culturas que, não podia ficar de fora quando falamos de artesanatos, não é? Temos um jeito único de fazer renda irlandesa, e por conta disso, virou patrimônio da cultura brasileira!


Modo de Fazer Renda Irlandesa“O Modo de Fazer Renda Irlandesa, tendo como referência este ofício em Divina Pastora, no Estado de Sergipe, este ofício é relacionado ao universo feminino e vinculado, originalmente, à aristocracia. A partir, especialmente, da metade do século 20, a confecção da renda surgia como uma alternativa de trabalho, e hoje essa tarefa ocupa mais de uma centena de artesãs, além de ser uma referência cultural. O Modo de Fazer Renda Irlandesa, tendo como referência este ofício em Divina Pastora/SE, foi inscrito no Livro de Registro dos Saberes, em 2009…” Site IPHAN


As rendeiras“A presença da renda irlandesa na cidade de Divina Pastora, com esse diferencial dado pela matéria-prima e pelo trabalho meticuloso das rendeiras, hoje se constitui numa importante atividade geradora de renda para mais de uma centena de mulheres, mas, sobretudo, numa referência cultural e elemento constitutivo de diferenciação e identidade. Por meio da literatura específica, é possível estabelecer vinculação direta desse tipo de renda com fazeres seculares que, na Europa, têm uma longa história que remonta ao século XVII. O transplante da técnica para o Brasil e sua inserção em diferentes localidades e contextos socioculturais através do tempo, cortando as classes, as etnias e assumindo feições locais, como ocorre em Divina Pastora, é tema instigante que permite associar esse fazer feminino, de longa continuidade histórica, às mudanças que vão ocorrendo na sociedade brasileira…” Site IPHAN


História da renda criada com agulha e fitilho“Por que a renda é chamada irlandesa? Veio mesmo da Irlanda? Como e quando? Os mais eruditos buscam reatar laços com as antigas tradições dos ofícios europeus e remontam a história das rendas através dos tempos. Uns a vinculam mais diretamente às rendas de Milão, enquanto outros a consideram mais diretamente vinculada às mudanças que se seguem à revolução industrial e ao papel das freiras na educação das moças no Brasil. Originárias dos Países Baixos, Norte da Itália, Inglaterra e França, as rendas de agulha – feitas com linhas e as rendas de agulha feitas com fitilho – são combinações de fitilhos ligados por pontos de enchimento e de ligação, barretas e picôs da renda de Veneza, executada sobre uma tela desenhada…” Site IPHAN


Dossiê Modo de Fazer Renda Irlandesa


Vídeo – O Modo de fazer a Renda Irlandesa – Divina Pastora (SE)

Por Cinthia Almeida

Anúncios

Uma resposta em “Modo de Fazer Renda Irlandesa produzida em Divina Pastora (SE)

  1. Pingback: O Brasil e seu patrimônio cultural | Ciências Sociais Uninove

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s