Você sabe qual é a diferença entre Direita e Esquerda?

esquerda-e-direita

Os dois conceitos: Direita e Esquerda estão presentes nos debates políticos e ideológicos, sobretudo no mundo ocidental. Essa separação ideológica se deu na Revolução Francesa (1789-1815), quando os Girondinos, considerados mais moderados e conciliadores, ocupavam o lado direito da Assembleia, enquanto os Jacobinos, mais radicais e exaltados, ocupavam o lado esquerdo. O movimento que dividiu o pensamento político da época, originou a nomenclatura política que categoriza os posicionamentos políticos no interior dos sistemas políticos contemporâneos.

No mundo moderno, tais pensamentos transferiram-se para a ação política e seu principal agente de transformação, o Estado. Quem tem ideologia de Esquerda, busca aperfeiçoar o mundo por meio de políticas que instaurem a justiça social, ou o igualitarismo, ou a socialização dos meios de produção econômica, ou qualquer outra ação que remeta à ideia de igualdade. E, quem tem ideologia de Direita, busca a perfeição do mundo a partir de uma perspectiva idealizada do passado e da tradição, de valores nacionais ou religiosos.

Numa concepção simples dos conceitos, o pensamento de Esquerda é mais voltado para o povo. O líder acredita que fazendo políticas públicas com o objetivo de dar melhores condições sociais para as classes mais carentes, o resultado será um povo mais culto e pensante, munido de uma consciência social e política, sendo potenciais consumidores e assumindo o papel de agente transformador da realidade da nação. Neste pensamento, o Estado deve ser o maior investidor dele mesmo, ou seja, impostos promovendo melhorias em todos os setores.

O pensamento de Direita é mais voltado ao progresso do Sistema, ou seja, investir em empresas que vão gerar empregos e girar a economia através da produção, estimulando o consumo sem se preocupar em dar subsídios para que os mais carentes possam ter seu sustento. Acredita em meritocracia, onde, quem trabalha e se esforça consegue alcançar seus objetivos, mas não considera o fator social de cada indivíduo no qual, o povo como um todo, não está no mesmo patamar de condições e oportunidades que garanta o resultado pessoal por meio do mérito. Neste pensamento, o Privado deve ser o maior investidor do Estado, ou seja, as empresas privadas devem injetar dinheiro próprio para promover melhorias sociais.


LIVROS DE CIÊNCIA POLÍTICA


O conhecimento sobre: conceitual do que é política, sob qual regime está o Brasil, qual a linha de pensamento político encontra-se o poder e como se dá a divisão dos poderes governamentais, é a base que todo cidadão deveria ter para formar a consciência cidadã que sai às ruas manifestando o cumprimento dos seus direitos e pedindo as melhorias sociais.

Gráfico retirado do jornal Folha de S. Paulo, da matéria que explicava a liderança de Marina Silva nas eleições de 2014. Apesar de ser antiga e não mais retratar a realidade (Dilma foi eleita em 2014), a matéria traz muita informação sobre o pensamento dos brasileiros de Esquerda, Centro e Direita.

grafico1esquerdaedireita

Por Cinthia Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s