Exposição Memorial da Resistência

resistir e lembrar

Falar da Ditadura Militar que aconteceu no Brasil, 1964 a 1985, requer muito mais do que uma postagem ou duas ou três horas de explicação. Tantas coisas ruins aconteceram, viver sob um regime autoritário e ditador não pode trazer nada de bom, nem a falsa sensação de ordem e segurança.

Simbolo da Resistencia

Símbolo da Resistência

A Ditadura matou e torturou muitas pessoas, deixou o país no comando dos militares e sua onda de medo e opressão. Todos os fatos históricos viram fatos ou ficam registrados porque marcaram vidas e a própria história. Muitos desses fatos vão se perdendo na memória humana, mas nunca serão esquecidos pela memória histórica.

Lugares, símbolos, canções, cores, histórias de vidas, são maneiras que o ser humano encontrou para não esquecer seus heróis e nem perder de vista os seus vilões. O prédio que hoje é conhecido por Estação Pinacoteca, foi um dos lugares usados para torturar e matar pessoas suspeitas de serem contraversores ou subversivos, e para que esse momento tão doloroso para a história do Brasil não seja apagado da memória, o mesmo lugar que torturou e matou, hoje abriga a exposição Memorial da Resistência, que traz uma ampla explicação de fatos e dados, além de relatos de sobreviventes, nomes dos mortos e desaparecidos, e réplicas das celas que existiam naquele lugar.

Uma exposição que dói, que causa aflição, tristeza, porém, necessária para deixar viva a lembrança de algo que ainda podemos viver, mesmo achando que o ser humano “evoluiu” e que o Brasil “progrediu”. A recomendação é mais do que cultural, é essencial para se sentir mais próximo do que foram os 20 anos de sangue, dor e lágrimas.

SERVIÇO:

Memorial da Resistência de São Paulo

Largo General Osório, 66 – São Paulo, SP
Tel. 55 11 3335-4990
Aberto de quarta a segunda
(Fechado às terças)
Entrada Gratuita

GALERIA DE FOTOS

VEJA UMA PARTE DA EXPOSIÇÃO:

Por Cinthia Almeida

Anúncios

2 respostas em “Exposição Memorial da Resistência

  1. Pingback: Fotos: Visita ao Memorial da Resistência | Ciências Sociais Uninove

  2. Republicou isso em Blog Cotidiano Paulistae comentado:

    Essa visita foi feita por mim (Cinthia Almeida) com o pessoal da faculdade! É um museu que tem uma energia muito tensa, mas vale a pena para quem consegue se colocar no lugar do outro e sentir o sofrimento que a Ditadura causou… #Recomendo

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s